Preso acusado de matar farmacêutica em Manhuaçu
04/05/2017 - 13h37 em Notícias

 

A Polícia Civil de Minas Gerais, prendeu Albino Lino Vieira, apontado como autor do homicídio da farmacêutica Joana Soares Benfica, 27 anos. O crime ocorreu no dia 02/01, no bairro Santo Antônio, em Manhuaçu, quando a vítima foi encontrada morta dentro de casa. Albino teria esfaqueado a farmacêutica.

Albino se apresentou à Delegacia de Polícia Civil na manhã de quinta-feira, 04/05, e chegou acompanhado de seus advogados manifestando interesse em prestar depoimento em juízo. Ele foi encaminhado ao Presídio de Manhuaçu, onde se encontra à disposição da Justiça em cumprimento ao mandado de Prisão Preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Manhuaçu.

Segundo as investigações, a motivação do crime teria sido ciúmes.

O crime

A jovem farmacêutica Joana Soares Benfica, 27 anos, trabalhava na Farmácia Permebem (subida do bairro Petrina) foi encontrada morta em sua residência, próximo ao estádio JK, no mês de janeiro.

Um funcionário da farmácia, ao perceber que ela não havia chegado, tentou contato por telefone sem obter sucesso. Preocupado, foi até a residência da jovem onde encontrou Joana morta.

 

Com informações da Polícia Civil e do Tribuna do Leste

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!